quarta-feira, 22 de junho de 2016

"EL OTRO" - Mourille


1. ADIASMACHADO

S/título/ Acrílico sobre tela/ 70x50cm
 600,00€


Da beleza estética ao sublime olhar 
a arte de Adiasmachado
A obra de Adiasmachado assenta, e muito bem, na observâncias duma liturgia contemplativa, em critérios de composição evocativa, num estilo sóbrio, mas sempre condensado pela lisura do traço ondulado e oval, em fino porte, que o caracteriza, dando largas à criatividade do espírito numa linguagem figurativa que se projecta através das imagens, sempre sustentadas por uma rara beleza estética, trabalhada exaustivamente com o rigor que a arte impõe, e o próprio autor expõe e propõe, deixando para trás pormenores de síntese, optando sempre pela grata mensagem agregada ao olhar do ser humano numa ética do rigor e do sentido que é, antes de mais, pensamento e improviso, resultado desse instante em que o Pintor inicia o trato da sua obra, como no lastro de cristalina água em propósitos de procura até ao absoluto, induzidos por movimentos específicos onde a luz é voz irredutível, o instante imediato, quiçá, um murmúrio íntimo, o que nos conduz à excelência cósmica duma percepção simétrica das imagens e, por isso, a um mais que sentido poder poético, revelando conjuntos incomuns e bem fundados pela precisão dos argumentos encontrados, sem renunciar ao culto do primado da harmonia das cores e da dinâmica com que a obra de arte se reveste. Como em Hermann Hesse, damo-nos a «… esta essência original e pura» com que cada um está dotado.
Álvaro de Oliveira


Adiasmachado, nasceu no Minho de Portugal no ano de 1961, dedica se a pintura desde criança, porque nela encontrou a maneira mais simples de comunicar e partilhar de uma forma sustentada tudo aquilo que lhe brota do sangue e da alma.

Aprendeu na intensa observação da natureza a sua forma de pintar e com as almas maravilhosas que se cruzaram com ele, partilharam os saberes e todo o conhecimento estético das coisas simples da vida.


Escreveste pinceladas
E pintaste um poema
Imaginaste este tema
D'homens e cores aguadas.

Leio ondas tenebrosas
Almas na eternidade
Navega a humanidade
Em barcas corajosas.

Sonhaste vida e medo
Pintaste alucinação
Coloriste a confusão
Num poema sem segredo.

Pintura ou poema pintado
Simbiose de letras e cor
Coisas de louco pintor
De nome Adiasmachado.

Artur Figueiredo Dezembro 2012

2. ARNALDO MACEDO

“Alucinação”/ Acrílico s/ tela/ 80x60cm

Fiz uma viagem já passada pelo calendário. Parei onde marcava. 21:11 Visionei aquela luz que, na altura, iluminou a minha essência. O teu rosto colado ao meu. O alfinete que me ofereceste quando a terra se rompia debaixo dos meus pés. As maçãs voadoras que esvoaçavam em regozijo … Hoje, o tubo de tinta do destino continua a colorir as minhas utopias, mas tu estás longe de mim e contigo tens o açúcar que corria nas minhas veias… Ao peixe pássaro que tudo vê por baixo do mar e acima da terra pergunto por ti: ONDE ESTÁS? Não recebo resposta. Porém enquanto o alfinete segurar o rasgo da terra e continuar o germinar dos meus pincéis, eu acredito que estarei contigo algures, hoje ou amanhã….

Arnaldo Macedo Natural de Caldas de Vizela… Com um percurso essencialmente autodidacta e uma obra que atravessou vários estilos, a sua pintura fixou-se na corrente surrealista resultante da influência do pintor surrealista Salvador Dali e do escritor Mário Cesariny. O seu imaginário deambula entre a força simbólica das imagens e a subtileza das palavras. Ganhou um segundo e terceiro prémio num concurso em Vizela. Tem participado regularmente em exposições colectivas e individuais, nomeadamente (as mais recentes):

2013
Caves Porto Calem…. Vila Nova de Gaia
Estoril Art 2013……………Junta de Freguesia  do Estoril (colectiva)
Surrealizar o Sonho----- Termas de Vizela (colectiva)
A Arte é que nos Une----Fórum Cultural de Alcochete (colectiva)
AXIS  Porto--------------- Porto (colectiva)
2012—
Diana Bar - Póvoa de Varzim
Câmara Municipal de Ponte da Barca
Espaço P T— Tenente Valadim-- Porto
Arte Fantástica e Surrealismo – Casa Roque Gameiro – Amadora (colectiva)
Pintores de Vizela – Fundação J.A – Vizela (colectiva)
2011---
Hospital senhora da Oliveira - Guimarães
Galeria Espaço t – Trofa
Clube Literário do Porto
Salão da Primavera 2011-Galeria Vieira Portuense (colectiva)
Diana Bar - Póvoa de Varzim
Fundação Jorge Antunes - Vizela
Ao Redor do Touro - Galeria Vieira Portuense (colectiva)
Biblioteca Municipal – Castelo de Paiva
A Cadeira de Van Gogh- Porto
Câmara Municipal de Paredes
Galeria de informação de Amares
2010 –
Small is Beautiful- A Cadeira de Van Gogh - Porto (colectiva)
Festas da Cidade de Vizela
Conservatório Música de Felgueiras
Casa das Artes de V. N. Famalicão
2009 –
CAR (Guimarães)

3. CARLOS ANTUNES

“Amar Perdidamente”/ Óleo sobre tela/ 70x60cm
1.000,00€

Carlos Antunes é natural de Crespos, Braga, este ano comemora 35 anos de exposições desde Monção a Albufeira. No estrangeiro Cabo Verde, Espanha e Inglaterra onde já residiu, expondo também em França, Noruega e Itália. Faz parte do livro Pintura em Portugal 2001, Editora Universitária. Tem obras de pintura e escultura premiadas, assim como  fazendo  parte de coleções publicas e privadas.

4. ESTER DE SOUSA E SÁ

“Alma Lusa”/ Óleo s/tela/ 60x90x04cm

Ester de Sousa e Sá é uma apaixonada pelas artes em todas as vertentes, tendo iniciado a pintura a óleo e aguarela, as médias que escolhe para se expressar, no final dos anos sessenta.
Nas suas obras prefere enaltecer a beleza que na vida existe e, dedica-se à arte com paixão e entusiasmo.

Dentro de um estilo próprio que descreve como realista/impressionista, pinta tudo o que toca a sua sensibilidade artística, dando cor às telas brancas. As suas obras nascem pelo prazer e paixão que tem pela arte, levando-a a pintar o que vê, sentindo na alma o que pinta.

Após uma vivência de 44 anos em África, em 1996 regressou a Portugal e tem-se dedicado inteiramente às artes, tal como pintura, escultura cerâmica e escrita criativa.

Escreve em dois idiomas Inglês e Português e tem os seguintes livros publicados:
2011 - Primeiro romance escrito em Inglês: - Chasing After a Dream.
2012 - Livro bilingue (juvenil) com suas ilustrações – O Aventureiro Ganso-Patola do Cabo Africano/The Adventurous African Cape Gannet.
2013 - Tradução de autor do primeiro romance escrito em Inglês – Correndo Atrás de Um Sonho –
2015 – Segundo romance escrito em Inglês: - YOLANDA –
2016 - - O MEU SENTIR -  (poesia)

  Gosta de escrever e recitar poesia e vários dos seus poemas estão publicados em diversas antologias. Participa regularmente em várias tertúlias de poesia.
Tem escrito alguns contos e crónicas para revistas culturais.

Adora o processo de criar e de trabalhar com as mãos daí, ter também experimentado a escultura cerâmica, quando a inspiração desencadeia essa necessidade premente de criar.

Ao longo dos anos participou em várias exposições de arte, individuais e colectivas. Algumas das exposições em que participou nos últimos 4 anos:

2012 – Despertares da Arte - Museu Face – Espinho
2012 – Gallery M - Viena de Áustria
2012 – 2º Encontro Luso-Galaico - Porto 
2013 - 3º Salão Internacional de Arte – Porto   
2013 - II Bienal de Espinho
2013 - Pintar o Porto – Galeria Vieira Portuense
2013 - Mulheres artistas Migrantes na Fundação Pro-Dignitate - Lisboa
2013 - Café Majestic - Porto.
2014 – Dia Mundial da Mulher – Paços do Concelho de Vila Nova de Gaia
2014 - Pontes Luso-Galaicas – Centro Cultural de Chaves
2014 – África Minha - Casa da Beira Alta – Porto
2014 - Mulheres d´Artes em Liberdade na Biblioteca Municipal de Espinho
2014 - 3º Encontro de artes ao redor do Porto – Galeria Vieira Portuense
2014 – Ao redor do Touro – Galeria Vieira Portuense
2014 - 1º Encontro Ibérico de Arte – Castelo de Oropesa – Espanha
2014 - Outonos Inquietos- Museu Fundação Dionísio Pinheiro e Alice C. Pinheiro – Águeda
2014 - Participação no International Watercolour Artists Handbook for Aspiring Artists  and Art Lovers, editado pela Amazon em Dez. 2014, e inclui 39 aguarelistas de 24 países e Ester de Sousa e Sá foi a convidada de Portugal.               
2015 - Exposição Colectiva Galeria Olga Santos “Alice no País das Maravilhas”
2015 – Expo. Colectiva “Multiplicidades” Ordem dos Médicos – Porto
2015 – Exposição Colectiva Galeria Vieira Portuense - Pontes Luso Galaicas – Chaves
2015 – Expo. Colectiva - Hotel da Curia
2015 – Expo Colectiva – pequeno formato – Caldas da Rainha
2015 – Exposição Individual “Arte Intemporal” Aguarela e Escultura cerâmica - Museu Fundação Dionisio Pinheiro – Águeda
2016 - LEIRIARTES 2016
2016 -  II Cimeira Luso-Galaica – Monção/Salvaterra de Miño
2016 - Amizade Galego Portuguesa – AAAGP – Oroso
2016 - Salão Nobre Junta de Freguesia de Anta- Espinho


Está representada em vários países: África do Sul, Nova Zelândia, Alemanha, Vaticano, Inglaterra e Portugal.

 http://www.facebook.com/ester.the.art.in.me

5. FÁTIMA FERREIRA

Sem título/ Acrílico e esmaltes sobre tela/ 120x100cm
300,00€

Nasceu no Porto em 1958. Foi professora de Educação Visual e Tecnológica durante cerca de 20 anos. Frequentou, no final dos anos 70, o atelier do escultor e ceramista Mário Ferreira da Silva onde executou trabalhos em cerâmica. Mário Ferreira da Silva foi seu professor e mestre tendo influenciado definitivamente a sua sensibilidade artística.
Apaixonada por arte, dedicou-se à escultura e pintura. Na pintura utiliza várias técnicas e tintas que vão para além das convencionais. Mostra na tela os seus verdadeiros sentimentos poéticos através da sua criatividade, versatilidade e espontaneidade. Presentemente tem também atelier na Fundação Escultor José Rodrigues, de quem tem recebido as mais diversas influências artísticas. Explorou o seu conhecimento das artes do fogo, desenvolvendo estudo na execução de peças de autor em acessórios de moda, como colares, brincos, pulseiras e anéis.
Participou em várias exposições coletivas nacionais e internacionais.

6. JORGE BRAGA

“Vida”/ Bronze/ 37x13x6cm
3.000,00€
 
Jorge Braga nasceu em Esposende, uma pequena localidade no Norte de Portugal.
Cedo se destacou no mundo das letras, em particular na poesia. 
Licenciado em Engenharia e Gestão Industrial. 
Obras publicadas: Em 1991 “ELOS”- poesia; em 1992 “PARADOXIA”-poesia; em 1994“GALARIM”- poesia; em 1997“EXCITAÇÕES DA RAZÃO”- crónica poética; em 2005“Plectro Inato”- poesia; em 2014 “Amenas Tempestades”-poesia; em 2016 “As histórias do tubarão azul” – conto infanto-juvenil.
Em 2015, integrou a I Bienal de Artes de Gaia, com a sua escultura em bronze, “Beijo”.
Em 2015, integrou a ArtShopping no Carrousseldu Louvre e Paris com a peça “Vida”.
Em 2016, integrou uma colectiva no Consulado Geral do Equador em Milão com a escultura em bronze “Quase”.
Em 2016, integrou a I Mostra Internacional de Arte de Braga com a escultura em bronze “Quase”
Em 2016, integrou a ARTIS uma colectiva em Seia, com as esculturas em bronze “Beijo” e “Vida”.
Em 2016, integrou a Exposição Anual dos Artistas de Gaia com a escultura em bronze “Agricultor”.

7. LUÍS PEDRO VIANA

"Retrato de Pessoa"/ Óleo sobre papel/ 60x42cm
150,00€

Luís Pedro Viana
Pseudónimo de Firmino Moreira da Cunha
Viana do Castelo
1943
Actividade na plataforma Facebook: Pintura e Poesia

8. MARCO SANTOS


“Olhar indiscreto”/ 2014/ Acrílico s/ tela/ 80x80cm


Marco Santos nasceu a 30 de Maio de 1981, natural de Valença. Autodidacta, critico e cheio de inquietudes, qualidades que vão formando um artista em continua evolução, com um estilo inconfundível e único.  
A identidade artística de Marco Santos é definida pela sua obra, que reflecte as inquietudes do artista, aquilo que desperta a curiosidade e o afã de expressar o que capta a atenção da sua mente e que transmite através da criatividade. (Elena Ojea) Colecções particulares em Portugal, Espanha, França e EUA.   

Exposições colectivas  
Portugart (D Contemporary, Mayfair - Londres) – Arcos’arte (Casa das artes de Arcos de Valdevez) – Cromática, IV Bienal de pintura joven (Museu Municipal de Ourense) – Chellos (Guimarães) - Vera Art Festival 2015, Stand “talentos em ascensão” patrocinado pelo “Farol Hotel” e “WWB Foundation” (Cordoaria Nacional, Lisboa) - Ordem dos Médicos (Porto) – XIII ; XIV Artis – Festival de Artes Plásticas de Seia (Casa da Cultura de Seia) – Liceo Casino (Tui) – Prémio Artistas do Alto Minho e Galiza (Fundação Bienal de Cerveira) – Arte in Movimento (Fiera San Giorgio Gravina in Puglia) – IX Bienal Salão das Artes (Vidigueira) – Encontro Ibérico de Arte (Castelo de Oropesa, Toledo/Galeria Vieira Portuense) – A Cor se fez Palavra (Casa das artes de Arcos de Valdevez) – Expo-Somosarte (Sala da liga O Rosal) – Dá-me a tua mão (Leilão solidário Arcos de Valdevez) –Posto de Turismo (Valença) – IV; VII Exposición O lar da Maximina (Porriño) –    Art (Hotel Neptuno Gran Canária) – Galeria de arte Caminhense (Caminha) – 3. Encontro Luso-Galaico de Artes plásticas (Centro Cultural de Chaves / Galeria Vieira Portuense) – Cromática III Bienal de pintura joven (Fundación Cum Laude/ Espaxo Xove Ourense) – Twitter art exhibit (Orlando USA) – Sala de exposiciones C.C. El Muelle (Gran Canária) – Mostra Colectiva de Arte (ASMAV, Projecto Rizoma Guimarães) – Ecos de igualdade  (Absolut Design Hotel Viana do Castelo) – Malaposta Arte Evento (Quinta da Malaposta V.N. Cerveira) –  4; 3 Encontro Internacional de Arte ao redor do Touro (ASMAV Guimarães); Ecomuseu de Barroso Montalegre) – Galeria El Taller (Santiago de Compostela) – Portas abertas Inauguração da (Fundação Eugénio de Almeida Évora) – Travesia Galeria (Vigo) – Divergências convergidas (Caminharte Caminha) – Surrealizar o Sonho (Termas de Vizela) – Leiriartes (Leiria) – A arte é que nos une (Alcochete) – Centro Social de Beade (Vigo) – Artshow (Caldas da Rainha) – 2. Encontro Luso-Galaico (Galeria Vieira Portuense Porto) – Pintar o Porto I; II (Galeria Vieira Portuense Porto) – Homenagem a Victor Lages (Galeria Artur Bual Amadora) – 2º;3º Salão Internacional de Arte (Galeria Vieira Portuense Porto) – I;II;III;IV;V Walking 
Gallery (Vigo) – UTOPIA Arte fantástica e surrealismo 1(Casa Roque Gameiro Amadora) – 17ª. 18ª.Exposição Internacional de Artes Plásticas (Auditório de Vendas Novas) – Casa Turismo (Ponte de Lima) – Centro Social (Mondariz)  – Valle y punto (Vigo) – IPJ (Viana do Castelo) – Galeria Guntilanis(Vila Praia de Âncora) – Prémio Utopia 2010 (Recreios da Amadora) – I Certamen Arte Joven Ferrol (Casino Ferrolano Ferrol) – Biblioteca Municipal de Valença (Rotary Clube de Valença) – Galeria Espaço d’arte (Viana do Castelo) – O maltrato (Casa da Cultura Salvaterra de Miño) – 8 poemas para 8 pintores (Galeria-Bar After Eight Caminha) – Galeria Simply Art (Vila Nova de Cerveira) – J.Valle (Vigo)     
Exposições individuais ou com outro artista  
 Hibiscus (Braga) – Alcaldia (Vigo) – Space Feng Shui (Braga) – Posto de Turismo de Vila Praia de Âncora – Posto de Turismo (Valença) – Espai 1964 – (Figueres) – Galeria de arte Caminhense (Caminha) – Hotel Monte Prado (Melgaço) – Hotel Arco de Mazarelos(Santiago de Compostela) – Casa Museu (Monção) – Travesia Galeria (Vigo) – Backstage (Braga) – Riclarte (Vila Nova de Cerveira) – Centro Social de Beade (Vigo) –  Casa do Curro (Monção) – Liceo Casino (Tui) – Ponto 3 (Valença) – Galeria-Bar After Eight (Caminha) – Onde sempre (Ponteareas)   

9. OCTÁVIO DE SOUSA E SILVA

“Partilha”(tema: Tratado de Tordesilhas)/ Óleo s/tela/ 100x81cm

Pintor autodidacta natural da Maia – Porto.
Viveu em Paris e Caracas, sendo que a estadia na América do sul, teve influência nas cores, na sua vivacidade, no seu calor e no imenso prazer de as trabalhar.
Pinta uma combinação do representativo, do abstracto, do irreal e do inconsciente. A liberdade que transmite o desafio de uma tela em branco.
Exposições em que participou:
Caracas – (A. Reverón) - individual. Barcelona – (G. Fábrica) - individual. Maia (Fórum da Maia) - 2 individuais. Biblioteca de Lousada (individual). Leça da Palmeira – individual. Cidade de S. Mamede – individual.
Galeria Vieira Portuense: Pintar o Porto I e II. Ao Redor do Touro, Montalegre.
Tem obras em colecções particulares nos Estados Unidos, França, Venezuela, Espanha e Portugal.

10. SILVANA VIOLANTE

“Dona Fulvia Bambalio”/ 2015/ Óleo sobre Tela/ 110x80x4cm
3.500,00€

Nasceu em Vittoria, Itália em 1961. 
A sua inspiração artística deve-se à influência do avô e do pai Violante Gaspare, Mestre de Arte da Academia Internacional de Roma, dos quais recebeu os primeiros ensinamentos de desenho e pintura. 
O seu diálogo com a tela tem-se dirigido ao retrato e ao figurativo: mulheres e felinos. Em uma paletas de cor terrosas, ás suas obras fogem para o realismo-impressionismo, destacando-se pela expressividade das pinceladas, texturizando as suas emoções mais vivas. Suas obras são cheia de luz e de uma sensibilidade que faz mesmo parte da sua alma. A pintura é por ela uma linguagem que lhe permite exprimir emoções e carinhos escritos ou a escrever no livro da memoria, poi a  artista afirma: Pintar é como navegar nas paginas de um livro imaginário

Distinções
Em Alfena 2011, com a Menção Honrosa Grau Ouro 
Em Vila do Conde 2012,  com o Prémio Internacional da Galeria Cais Art’s
Em Estoril 2012, com a o Prémio da Medalha de Ouro Internacional
Na Federação Brasileira dos Académicos das Ciências, Letras e Artes em 2013, com o título de Pincel de Ouro .
Em Pontevedra-Espanha 2013 , com a Menção Honrosa da Accademia Internazionale Santarita.
Em La Corunha -Espanha 2014, com a Medalha de Bronze 

Exposições distintivas
PORTUGAL
Galeria da União de Freguesia de Guimarães, , Museu de Marinha-Lisboa, Galeria Vieira Portuense Porto, Casa Museu Abel Salazar- Porto, Museu do Traje de São Brás de Alportel, Biblioteca Municipal de Felgueiras, Universidade Fernando Pessoa, La Galleria Italiana-Ascip-Consulado Italiano do Porto, Auditório Municipal de Santa Marta de Penaguião, Bienal Internacional Mulheres d´Artes-Espinho, Galeria Mutualidade-Coimbra, Paços do Concelho-Vila Nova de Gaia, Teatro Club de Povoa de Lanhoso, Fundação de Águeda, Salão das Artes de Vidigueira, Casa Museu do Pão de Ló da Margarida-Felgueiras, PortoArtGallery, Museu Martins Sarmento-Guimarães, Museu Abade de Baçal de Bragança, Município de Guimarães.

ESTRANGEIRO
Roma- Itália; Bruxelas – Bélgica- Palácio dos Eventos de Isabel Pratt; Bienal Arte Contemporânea 2013 Brescia-Itália; Gallery Gunma-Ken- Ota-Shi- Japão; Mostra Internacional de Pontevedra-Espanha

"O OUTRO" - Carviçais


1. ADIASMACHADO

S/título/ Acrílico sobre tela/ 70x50cm
 600,00€

Da beleza estética ao sublime olhar 
a arte de Adiasmachado
A obra de Adiasmachado assenta, e muito bem, na observâncias duma liturgia contemplativa, em critérios de composição evocativa, num estilo sóbrio, mas sempre condensado pela lisura do traço ondulado e oval, em fino porte, que o caracteriza, dando largas à criatividade do espírito numa linguagem figurativa que se projecta através das imagens, sempre sustentadas por uma rara beleza estética, trabalhada exaustivamente com o rigor que a arte impõe, e o próprio autor expõe e propõe, deixando para trás pormenores de síntese, optando sempre pela grata mensagem agregada ao olhar do ser humano numa ética do rigor e do sentido que é, antes de mais, pensamento e improviso, resultado desse instante em que o Pintor inicia o trato da sua obra, como no lastro de cristalina água em propósitos de procura até ao absoluto, induzidos por movimentos específicos onde a luz é voz irredutível, o instante imediato, quiçá, um murmúrio íntimo, o que nos conduz à excelência cósmica duma percepção simétrica das imagens e, por isso, a um mais que sentido poder poético, revelando conjuntos incomuns e bem fundados pela precisão dos argumentos encontrados, sem renunciar ao culto do primado da harmonia das cores e da dinâmica com que a obra de arte se reveste. Como em Hermann Hesse, damo-nos a «… esta essência original e pura» com que cada um está dotado.
Álvaro de Oliveira


Adiasmachado, nasceu no Minho de Portugal no ano de 1961, dedica se a pintura desde criança, porque nela encontrou a maneira mais simples de comunicar e partilhar de uma forma sustentada tudo aquilo que lhe brota do sangue e da alma.

Aprendeu na intensa observação da natureza a sua forma de pintar e com as almas maravilhosas que se cruzaram com ele, partilharam os saberes e todo o conhecimento estético das coisas simples da vida.


Escreveste pinceladas
E pintaste um poema
Imaginaste este tema
D'homens e cores aguadas.

Leio ondas tenebrosas
Almas na eternidade
Navega a humanidade
Em barcas corajosas.

Sonhaste vida e medo
Pintaste alucinação
Coloriste a confusão
Num poema sem segredo.

Pintura ou poema pintado
Simbiose de letras e cor
Coisas de louco pintor
De nome Adiasmachado.

Artur Figueiredo Dezembro 2012

2. ANTÓNIO BÁRTOLO

 “Clérigos”/ Aguarela s/ papel/ 50x35cm
900,00€

Nasceu em Angola, em 1962.
Em Portugal, conheceu, primeiro, Trás-os-Montes, uma terra com a qual se identifica. Depois, veio para a Região Oeste e, hoje, vive em Torres Vedras.
Em 1998, realizou a sua primeira exposição individual.
Autodidata, assume uma estética aparentemente simples, que se manifesta através de esplêndidos jogos de luz que nos encantam. Artífice da fineza, transgride a realidade, quando a revê e reconstrói com o seu olhar e a sua alma de poeta das cores e das memórias.
A par da sua carreira artística, orienta pequenos cursos e aulas de aguarela.
Presidente da Direção da AAPOR – Associação de Aguarela de Portugal.


Edições:
• Livro Balade poétique para Mairie de Villenave d’Ornon – França (geminada com a cidade de Torres Vedras
• Livro Diário de uma Cidade para a Câmara Municipal de Torres Vedras.
• Serigrafia (50 exemplares) para a C.M.T.Vedras – Rua dos Celeiros de Santa Maria”.
• Reprodução de uma obra em técnica mista para a empresa Gráfica Torriana.
• Reprodução de aguarela para a Associação de Educação Física e Desportiva de T. Vedras
• Reprodução de uma aguarela (100 exemplares) para a Cooperativa de Comunicação e Cultura de Torres Vedras.
• Serigrafia (50 exemplares) para a Associação O Académico de T. Vedras.
• Serigrafia (100 exemplares) integrada num conjunto de sete trabalhos de autores torrienses para a C.M.T.Vedras.
• Conjunto de vinte serigrafias (50 exemplares cada) para a C.M.T.Vedras – “Igrejas Paroquiais do Concelho”.
• Conjunto de quatro reproduções de aguarelas (50 exemplares de cada).
• Serigrafia (250 exemplares) para a empresa IMPOESTE.

Participações:
o XXXXVII International Plastic Art Colony of Strumica 2000 – Macedónia (a convite da UNISONO – Bolsa Internacional de Cultura).
o Ciarte - 1ª Colónia Internacional de Artes Plásticas de T. Vedras, promovido pela Cooperativa de Comunicação e Cultura – Torres Vedras. (2006)
o Encontro Internacional de Aguarela de Santa Cruz, promovido pela C. M. Torres Vedras. (desde 2008)
o International Watercolour Meeting of Caldas da Rainha, promovido pelo Centro Cultural e Congressos de Caldas da Rainha. (desde 2010)
o 1º Encontro Internacional Participativo de Ceuta.(2014)
o 5ème Rencontres internationales d’Aquarelle Contemporaine du Arvert. (2015)
o VII Encontro Internacional de Aquarelistas em Paraty – (2015)

Colaborações:
 Livro “A Foz do Arelho na Lenda e na História” de Jaime Umbelino (capa, ilustrações, fotografia e tratamento de imagem)
 Encontro Internacional de Aguarela de Santa Cruz, em colaboração com a Câmara Municipal de Torres Vedras, desde 2008.
 International Watercolour Meeting of Caldas da Rainha, em colaboração com o CCC (Centro cultural e congressos) Caldas da Rainha, desde 2010.
 Júri no Concurso Internacional de Aguarela “International Watercolor Society – Turquia” 
 Júri na seleção de artistas para a Bienal Internacional de Aguarela “Eau en Couleurs - Bélgica (2014)
 Pintura de um cavaquinho em aguarela, a convite do artista Júlio Pereira, para a GRANDE EXPOSIÇÃO COLECTIVA E NACIONAL - 70 CAVAQUINHOS 70 ARTISTAS
 Líder do grupo de aguarelistas portugueses no simpósio Inarte – Fabriano in Aquarello (2015)

Representado em várias colecções públicas e particulares em Portugal e no Estrangeiro 
- C.M. de T. Vedras, CCC Caldas da Rainha, CCC Torres Vedras, Santa Casa da Misericórdia de Torres Vedras, Associação de Educação Física e Desportiva de T. Vedras, A.M.I., Fórum Telecom, Unisono – Alemanha, Casa da Cultura de Strumica – Macedónia, Toitorres S.A., Impoeste S.A., Hotel Albatroz e Hotel Altis, Ceuta, Marrocos.

3. Arnaldo Macedo

“47 Degraus”/ Acrílico s/ tela/ 70x50cm

Fiz uma viagem já passada pelo calendário. Parei onde marcava. 21:11 Visionei aquela luz que, na altura, iluminou a minha essência. O teu rosto colado ao meu. O alfinete que me ofereceste quando a terra se rompia debaixo dos meus pés. As maçãs voadoras que esvoaçavam em regozijo … Hoje, o tubo de tinta do destino continua a colorir as minhas utopias, mas tu estás longe de mim e contigo tens o açúcar que corria nas minhas veias… Ao peixe pássaro que tudo vê por baixo do mar e acima da terra pergunto por ti: ONDE ESTÁS? Não recebo resposta. Porém enquanto o alfinete segurar o rasgo da terra e continuar o germinar dos meus pincéis, eu acredito que estarei contigo algures, hoje ou amanhã….

Arnaldo Macedo Natural de Caldas de Vizela… Com um percurso essencialmente autodidacta e uma obra que atravessou vários estilos, a sua pintura fixou-se na corrente surrealista resultante da influência do pintor surrealista Salvador Dali e do escritor Mário Cesariny. O seu imaginário deambula entre a força simbólica das imagens e a subtileza das palavras. Ganhou um segundo e terceiro prémio num concurso em Vizela. Tem participado regularmente em exposições colectivas e individuais, nomeadamente (as mais recentes):

2013
Caves Porto Calem…. Vila Nova de Gaia
Estoril Art 2013……………Junta de Freguesia  do Estoril (colectiva)
Surrealizar o Sonho----- Termas de Vizela (colectiva)
A Arte é que nos Une----Fórum Cultural de Alcochete (colectiva)
AXIS  Porto--------------- Porto (colectiva)
2012—
Diana Bar - Póvoa de Varzim
Câmara Municipal de Ponte da Barca
Espaço P T— Tenente Valadim-- Porto
Arte Fantástica e Surrealismo – Casa Roque Gameiro – Amadora (colectiva)
Pintores de Vizela – Fundação J.A – Vizela (colectiva)
2011---
Hospital senhora da Oliveira - Guimarães
Galeria Espaço t – Trofa
Clube Literário do Porto
Salão da Primavera 2011-Galeria Vieira Portuense (colectiva)
Diana Bar - Póvoa de Varzim
Fundação Jorge Antunes - Vizela
Ao Redor do Touro - Galeria Vieira Portuense (colectiva)
Biblioteca Municipal – Castelo de Paiva
A Cadeira de Van Gogh- Porto
Câmara Municipal de Paredes
Galeria de informação de Amares
2010 –
Small is Beautiful- A Cadeira de Van Gogh - Porto (colectiva)
Festas da Cidade de Vizela
Conservatório Música de Felgueiras
Casa das Artes de V. N. Famalicão
2009 –
CAR (Guimarães)

4. CARLOS ALMEIDA

"MANHÃ DE NEVOEIRO- STA CRUZ"/ Aguarela/ 47x22 cm
460,00 €

Nasce em Agosto de 1954 em Lisboa
Finais dos anos sessenta e princípios dos anos setenta; desenho, pintura e modelação cerâmica com os mestres Álvaro Perdigão e Martins Correia.
Design gráfico e ilustração editorial e publicitária como freelancer  até 2001, colaborando com as maiores e melhores agências publicitárias nacionais e internacionais , bem como com os departamentos gráficos de vários jornais e editoras como a Nave, Europa-América, DN, etc. Nunca deixando porém, de um modo sistemático e simultâneo, de pintar e criar peças de arte nas mais diversas vertentes, tendo realizado várias exposições individuais e colectivas em diversos locais, entre os quais as bienais de arte figurativa de Alenquer.
Em 2002, o grande amor pelo Alentejo, leva-o a criar uma galeria de arte e artesanato contemporâneo no centro histórico de Évora, onde passou a desenvolver um intenso trabalho criativo em áreas tão diversas como: Pintura, desenho, cerâmica criativa e azulejaria artística, expondo nesse seu espaço de modo permanente as suas peças até 2009.
Está representado no museu João Mário, em variadíssimas colecções privadas, empresas, universidades, entidades particulares e públicas, nacionais e estrangeiras, espalhadas pelos quatro cantos do mundo.
Paralelamente à sua atividade de artista plástico, tem dado aulas de pintura e desenho no pólo universitário de Évora, e agora que adotou a cidade do Porto para residir e trabalhar, vai abrir na Maia, já em Fevereiro de 2012, em conjunto com a artista plástica Noémia Travassos, um novo atelier de artes plásticas em que, para além do desenvolvimento dos projetos artísticos que tem em mãos, tenciona continuar, desta feita cá pelo norte, a dar aulas de pintura e desenho nas mais diversas técnicas.

5. CARLOS ANTUNES

“Mensagem” (Fernando Pessoa)/ Óleo sobre tela/ 70x60cm
1.000,00€

Carlos Antunes é natural de Crespos, Braga, este ano comemora 35 anos de exposições desde Monção a Albufeira. No estrangeiro Cabo Verde, Espanha e Inglaterra onde já residiu, expondo também em França, Noruega e Itália. Faz parte do livro Pintura em Portugal 2001, Editora Universitária. Tem obras de pintura e escultura premiadas, assim como  fazendo  parte de coleções publicas e privadas.

6. CARLOS GODINHO

“Nocturna”/ Óleo s/ tela/ 60x60 cm
630,00€

Nascido em S. Lourenço de Mamporcão (Estremoz), tendo dedicado parte do seu tempo à pintura de cartazes e catálogos, à ilustração de capas de livros e a um bom número de colaborações jornalísticas e radiofónicas. Licenciado em Ensino na variante de Educação Visual, pela Escola Superior de Educação de Portalegre (E.S.E.P.), frequentou a Faculdade de Belas-Artes de Lisboa e é Mestre em Sociologia pela Universidade de Évora. Tem comissariado diversas exposições de outros artistas plásticos portugueses, em diversos espaços na cidade de Estremoz Considera que a pintura a óleo deixa antever uma “forma diferente” de olhar a cor dos espaços que se podem contemplar. Cada traço pode ser olhado de múltiplas formas. Assim, cada quadro é o despertar para uma realidade de descobertas para além do consciente. A luz, a forma e a cor transportam-nos para um número (in)finito de construções que apenas cada um pode percepcionar. Em cada ponto visionamos um equilíbrio expresso nos modelos. Aqui não temos que olhar o que nos é comum mas o que nos conduz a uma visão mais lata de tudo quanto nos rodeia. Cada pintura é mais do que aquilo que conseguimos fotografar. É aquilo que nós queremos em cada momento. É o que se pode ver naquilo que cada tela apresenta.
Participou nas seguintes exposições: Arganil, Albufeira, Borba, Campo Maior, Castelo Branco, Estremoz, Évora, Golegã, Lamego, Lisboa, Mafra, Mértola, Monsaraz, Montemor-o-Novo, Moura, Portalegre, Portimão, Porto, São Brás de Alportel, São João da Pesqueira, Tabuaço, Vila do Conde, Vilamoura, Vendas Novas, Vila Viçosa e Viseu (Portugal),. No estrangeiro em Espanha, na Caja de Ahorros (Zafra) (exposições individuais), no Centro Cultural Alcazaba (Mérida), em "Poésie Visuelle dans Paris" (Paris), em "30Th Anniversary ARTEXPO" (New Yorque), em Torino, São Paulo e Londres. A destacar o “Concorso Internacional di Pittura Figurativa Contemporanea” (seleccionado) - Fundazione Alfredo D`Andrade - Museu Centri-Studi - Torino (Itália), a “Seconda edizione della rassegna internazionale di arte contemporanea del formato 20x20” – Napoli (Itália), a “MOSTRA TRAJECTOS” - Casa de Portugal - São Paulo (Brasil) e a “MOSTRA BRASIL-JAPÃO - comemoração do centenário” Nichiyu International - Nagoya (Japão), 2008. Em 2009 esteve presente em "Donna... tra sacro e profano - ISCRIZIONI CHIUSE" - Mostra Internazionale d'Arte Contemporanea - Galleria Civica, Enna (Itália), e em Londres. O pintor considera particularmente gratificante a Exposição “Los juegos míticos del pensamiento”, que promoveu em Mérida (Espanha), em 2007, e “Aqui, pelo Sonho é que Vamos”, realizada em 2005, na qual pintou poemas de Sebastião da Gama. Em 2009 pintou poemas de António Simões, do Livro “Minha Mãe Amassa o Pão. Para além de todos os destaques, salienta-se a presença na III Bienal do Porto Santo, em 2009 (como artísta convidado). Este ano participa na exposição de lançamento de Cáceres capital da Cultura 2016, Exposicion Artistas Plásticos de la Raya III, em Cáceres e no Encontrartes numa mostra de artistas surrealistas portugueses. Já participou em mais de cem exposições. Em 2010, realiza a primeira exposição nos Açores e é Consultor em Estremoz da Bienal de Porto Santo.
Em 2011 a exposição na Sala Vaquero Poblador, em Badajoz, foi um momento importante, porque a mostra teve uma critica muito favorável. Neste mesmo ano expôs em mais duas galerias por onde passaram grandes nomes das arte portuguesa e estrangeira: Galeria Aquarius e Galeria Lucília Guimarães. Finalmente uma exposição com obras sobre o Livro “Estevas” de Sebastião da Gama, no Museu Sebastião da Gama, em Azeitão.
No ano de 2012, participou na exposição colectiva que inaugurou a Galeria NT (Montijo), com uma exposição individual abriu a Galeria Arte Grémio (Coruche) e foi convidado a realizar uma individual na Casa do Alentejo em Lisboa. Neste ano já participou em cinco exposições colectivas da qual se destaca a participação na MIAB – Madeira International Art Biennal – Portugal 2012, estando entre um conjunto importante de artistas de nome nacional e internacional. Participação em mais duas exposições no estrangeiro, nos Estados Unidos no Open Doors 2012 e no consulado de Portugal em Paris, com o Círculo Artur Bual.
Para 2013 destacam-se as exposições com o título "A MINHA MÃE AMASSA O PÃO...", com maior relevo a que aconteceu na Galeria da Tínturaria, na Covilhã.
Representado em colecções nacionais e estrangeiras. Tem trabalhos em organizações institucionais, pública (museus, bancos, câmara municipais e institutos públicos) e particulares.
No seu currículo conta com mais de cem exposições colectivas e individuais, tanto em Portugal como no estrangeiro. Já esteve presente, com o seu trabalho em três continentes e dando-se nota apenas das exposições nos últimos anos.
Representado em colecções nacionais e estrangeiras. Tem trabalhos em organizações institucionais, pública (museus, bancos, câmara municipais e institutos públicos) e particulares.

7. DINA DE SOUZA

“INFANTE D. HENRIQUE”/ 2009/ Óleo sobre Tela/ 120x100 cm
1.900,00 €

É actualmente considerada uma das maiores pintora surrealista Romântica Portuguesa Contemporânea. O Mestre Mário Silva intitula-a de Surrealista Romântica.
Iniciou a sua arte desenhando a carvão e pintando em Aguarelas, com as quais fez várias exposições individuais e colectivas desde 1988.
Assina como DINA DE SOUZA. 
Nasceu no Niassa, Moçambique. 
Fez o Curso da Escola Soares dos Reis do Porto e o ESBAP – Escola Superior de Artes Plásticas do Porto no Curso de Pintura e Escultura.
Frequentou vários ateliers de pintores conceituados da cidade do Porto. 
Especializou-se pintando sobretudo o Porto - Património Mundial, em aguarela.
Expõe pela primeira vez surrealismo, no CCD da Câmara Municipal do Porto e no Salão Nobre da Junta de Freguesia de Aldoar, Porto, onde se incluía no Grupo de Artistas Plásticos e Funcionários da C:M:Porto dre que faziam parte, Sotto Moura, Alexandre Braga, Florentina Resende, Jorge Almeida ,  Figueiroa, Pimenta, Teresa Vasconcelos, entre outros.
27 Exposições Individuais e 118 Exposições Colectivas.

PRÉMIOS:
- 2009, 1º PRÉMIO-MENÇÃO HONROSA GRAU PLATINA na Exposição “ARTMIXT ’09 AVEIRO CONTEMPORÂNEA” na Galeria da Santa Casa da Misericórdia de Aveiro, com a tela “Camões – O Canto Português”.
- 2009, 2º PRÉMIO-MENÇÃO HONROSA GRAU OURO na Exposição “PICTOREMAS” no Centro Cultural de Esgueira, Aveiro com a tela “Máscaras Venezianas”.
- 2010, 1º PRÉMIO-MENÇÃO HONROSA GRAU PLATINA na Exposição "ESTORIL'ART" na Galeria da Junta Freguesia do Estoril de 16 a 30 de Julho 2010, com a obra “Inocência”.
- 2010, 1º PRÉMIO-MENÇÃO HONROSA GRAU PLATINA na exposição "PICTOREMAS ‘10" na Loja do Cidadão do Porto, de 3 SET a 4 OUT 2010, com a obra “Suprema Tentação”.
- 2010, 2º PRÉMIO-MENÇÃO HONROSA GRAU OURO na Exposição "ART 'INATA – INTERNACIONAL DA NAZARÉ" no Centro Cultural da Nazaré de 21 Agosto a 26 Setembro 2010, com a obra “Poderes”.
- 2010, PRÉMIO Prata da sua página no site Artmajeur.

GALERIAS VIRTUAIS: 
DaVinci,
Artelista, (Espanha), 
Galeria Aberta,
Galeria Artistas Portugueses, 
Galeria Azul (Brasil) 

ASSOCIAÇÕES DE QUE FAZ PARTE:
GALG - Grupo de Aartistas Plásticos “Luso Galaicos”, AAAGP-PT - Associação Amigos Artistas Galaico Portugueses, Paião-Figueira da Foz MAC - Movimento Artístico de Coimbra,
TAACTO, Torres Novas ESPAÇO DE ARTE 2000 de Martim – Murça COOPERATIVA ARVORE CIRCULO DE ARTES ARTUR BUAL

BIBLIOGRAFIA:
- Faz parte do do livro “FOLIUM” com a obra “Senhora de Boelhe”, que pintou para o Arquivo Municipal de Penafiel em 2008. 
- Faz parte dos 64 artistas contemporâneos Portugueses, publicados no livro MITOS D’ARTE, publicado em 2009.
- Anuário de ARTE, publicado pela FIARTE de 2011.

EVENTOS DE SOLIDARIEDADE:
- DIFERENÇA NA DIFERENÇA, a favor das crianças Autistas da ABC Real por ocasião do 1º Congresso Mundial de Autistas realizado na Fundação Calouste Gulbenkian e exposição no
Hotel Sana Malhoa em Lisboa. 
- ARTE SOLIDÁRIA, a favor das Crianças da Unidade de Multideficiência de Oiã - Oliveira do Bairro.
- AJUDAR A MADEIRA, Galeria Mafalda d´Eça no Monte Estoril.
- ARTE NA MADEIRA, Galeria Vieira Portuense no Porto.
- AMI solidariedade no Centro Cultural de Ermesinde.
- AMI solidariedade Museu da Póvoa do Varzim.
- AMI solidariedade na Biblioteca Lucio Craveiro Silva em Braga.  
- AMI solidariedade na Biblioteca Miguel Horta em Felgueiras.

Artista residente:
GALERIA ALBUQUERQUE E LIMA - COIMBRA

8. DOMINGOS DA SILVA

“CASARIOII”/ 2011/ Óleo s/ cartão/ 18,5x18,5 cm
300,00 €

Domingos Mendes da Silva nasceu na freguesia de Travassos, do concelho da Póvoa de Lanhoso, no dia 14 de Dezembro de 1955, no seio de uma família de ourives.
Concluiu a escola primária em Travassos e prosseguiu a sua instrução no Liceu Sá de Miranda e no Conservatório Calouste Gulbenkian, em Braga.
Foi no Conservatório que se iniciou no mundo das artes, sob orientação do professor Nuno Barreto.
Em 1975 frequentou o curso de Artes do Fogo na Escola de Artes Decorativas Soares dos Reis (Porto), findo o qual viajou para França e Suiça.

Trabalhou para subsistir, mas sempre aproveitou para pintar e contactar com o mundo das Artes. É na observação assídua do museu de kunstaus, em Zurique, que se deixa fascinar pela obra de Vieira de Silva.

Em 1979 está de volta ao País e inicia a sua carreira no ensino (Cerâmica) exactamente na Escola Soares dos Reis, onde estudara um ano  antes.

E apesar de prosseguir, em diferentes escolas, a sua carreira docente, sempre procurou oportunidades para, ele mesmo, acrescentar à sua formação  novos cursos no campo das artes, tendo, em 1982 frequentado o curso de Pintura na Cooperativa de Ensino Artístico – Árvore, no Porto.

Em 1999 concebeu o projecto para o Monumento ao 25 de Abril erigido na Póvoa de Lanhoso.

Trabalhos de sua autoria, integram diversas colecções particulares ou foram adquiridas por instituições públicas.

Em 1999 concebeu o projecto para o Monumento ao 25 de Abril erigido na Póvoa de Lanhoso.

9. ESTER DE SOUSA E SÁ

“Entrada em Summerland”/ Óleo s/tela/ 70x50x04cm

Ester de Sousa e Sá é uma apaixonada pelas artes em todas as vertentes, tendo iniciado a pintura a óleo e aguarela, as médias que escolhe para se expressar, no final dos anos sessenta.
Nas suas obras prefere enaltecer a beleza que na vida existe e, dedica-se à arte com paixão e entusiasmo.

Dentro de um estilo próprio que descreve como realista/impressionista, pinta tudo o que toca a sua sensibilidade artística, dando cor às telas brancas. As suas obras nascem pelo prazer e paixão que tem pela arte, levando-a a pintar o que vê, sentindo na alma o que pinta.

Após uma vivência de 44 anos em África, em 1996 regressou a Portugal e tem-se dedicado inteiramente às artes, tal como pintura, escultura cerâmica e escrita criativa.

Escreve em dois idiomas Inglês e Português e tem os seguintes livros publicados:
2011 - Primeiro romance escrito em Inglês: - Chasing After a Dream.
2012 - Livro bilingue (juvenil) com suas ilustrações – O Aventureiro Ganso-Patola do Cabo Africano/The Adventurous African Cape Gannet.
2013 - Tradução de autor do primeiro romance escrito em Inglês – Correndo Atrás de Um Sonho –
2015 – Segundo romance escrito em Inglês: - YOLANDA –
2016 - - O MEU SENTIR -  (poesia)

  Gosta de escrever e recitar poesia e vários dos seus poemas estão publicados em diversas antologias. Participa regularmente em várias tertúlias de poesia.
Tem escrito alguns contos e crónicas para revistas culturais.

Adora o processo de criar e de trabalhar com as mãos daí, ter também experimentado a escultura cerâmica, quando a inspiração desencadeia essa necessidade premente de criar.

Ao longo dos anos participou em várias exposições de arte, individuais e colectivas. Algumas das exposições em que participou nos últimos 4 anos:

2012 – Despertares da Arte - Museu Face – Espinho
2012 – Gallery M - Viena de Áustria
2012 – 2º Encontro Luso-Galaico - Porto 
2013 - 3º Salão Internacional de Arte – Porto   
2013 - II Bienal de Espinho
2013 - Pintar o Porto – Galeria Vieira Portuense
2013 - Mulheres artistas Migrantes na Fundação Pro-Dignitate - Lisboa
2013 - Café Majestic - Porto.
2014 – Dia Mundial da Mulher – Paços do Concelho de Vila Nova de Gaia
2014 - Pontes Luso-Galaicas – Centro Cultural de Chaves
2014 – África Minha - Casa da Beira Alta – Porto
2014 - Mulheres d´Artes em Liberdade na Biblioteca Municipal de Espinho
2014 - 3º Encontro de artes ao redor do Porto – Galeria Vieira Portuense
2014 – Ao redor do Touro – Galeria Vieira Portuense
2014 - 1º Encontro Ibérico de Arte – Castelo de Oropesa – Espanha
2014 - Outonos Inquietos- Museu Fundação Dionísio Pinheiro e Alice C. Pinheiro – Águeda
2014 - Participação no International Watercolour Artists Handbook for Aspiring Artists  and Art Lovers, editado pela Amazon em Dez. 2014, e inclui 39 aguarelistas de 24 países e Ester de Sousa e Sá foi a convidada de Portugal.               
2015 - Exposição Colectiva Galeria Olga Santos “Alice no País das Maravilhas”
2015 – Expo. Colectiva “Multiplicidades” Ordem dos Médicos – Porto
2015 – Exposição Colectiva Galeria Vieira Portuense - Pontes Luso Galaicas – Chaves
2015 – Expo. Colectiva - Hotel da Curia
2015 – Expo Colectiva – pequeno formato – Caldas da Rainha
2015 – Exposição Individual “Arte Intemporal” Aguarela e Escultura cerâmica - Museu Fundação Dionisio Pinheiro – Águeda
2016 - LEIRIARTES 2016
2016 -  II Cimeira Luso-Galaica – Monção/Salvaterra de Miño
2016 - Amizade Galego Portuguesa – AAAGP – Oroso
2016 - Salão Nobre Junta de Freguesia de Anta- Espinho


Está representada em vários países: África do Sul, Nova Zelândia, Alemanha, Vaticano, Inglaterra e Portugal.

 http://www.facebook.com/ester.the.art.in.me

10. FÁTIMA FERREIRA

Sem título/ Esmaltes sobre placa de fibra de madeira/ 73x65cm
800,00€

Nasceu no Porto em 1958. Foi professora de Educação Visual e Tecnológica durante cerca de 20 anos. Frequentou, no final dos anos 70, o atelier do escultor e ceramista Mário Ferreira da Silva onde executou trabalhos em cerâmica. Mário Ferreira da Silva foi seu professor e mestre tendo influenciado definitivamente a sua sensibilidade artística.
Apaixonada por arte, dedicou-se à escultura e pintura. Na pintura utiliza várias técnicas e tintas que vão para além das convencionais. Mostra na tela os seus verdadeiros sentimentos poéticos através da sua criatividade, versatilidade e espontaneidade. Presentemente tem também atelier na Fundação Escultor José Rodrigues, de quem tem recebido as mais diversas influências artísticas. Explorou o seu conhecimento das artes do fogo, desenvolvendo estudo na execução de peças de autor em acessórios de moda, como colares, brincos, pulseiras e anéis.
Participou em várias exposições coletivas nacionais e internacionais.

11. HENRIQUE TAVARES

“Mulher Verde”/ Aguarela/ 48x32 cm
500,00 €

Tinha um ar de tal modo envolvente que ao primeiro aperto de mão era como se já fôssemos companheiros de qualquer coisa desde há muito tempo. Mostrava-nos a meia dúzia de quadros novos que trazia debaixo do braço, desafiando-nos a declarar se não eram obras primas, fruto de inspirações inimaginadas.
Nunca conseguíamos deixar de comprar uma ou duas das obras a que conseguíamos encontrar sempre novos encantos. Parte das obras víamo-las, ao fim da tarde, num dos cafés mais frequentados da cidade, leiloados a pataco, porque o autor não regressava a cada com nenhuma delas.
Depois Henriques Tavares desaparecia por uns tempos. Ia para casa pintar. Depois ia até Coimbra vender pelos escritórios e cafés. E a Lisboa. Só depois voltava ao Porto, de escritório em escitório peregrinando sempre pelos mesmos sítios, com o mesmo convencimento de sempre, a festejar as musas tão generosas. Quantas colecções ficaram por aqui, em escritórios de advogados, consultórios médicos, secretarias notariais...
Até que sem que ninguém desse por isso deixou de aparecer. Volta e meia alguém ainda se lembra: «Aquele pintor que aparecia por aí...»

12. J. ELISEU (filho)

“PUXANDO O BARCO”/ Óleo s/ tela à espátula/ 25x40cm
500,00 €

J. Eliseu (filho) Coimbra/1951
Actualmente gerente da Artes & Restauros, empresa vocacionada para a criação, conservação e restauro de obras de arte, dando seguimento a uma tradição familiar com séculos de experiência.
A par deste trabalho surge a paixão pela pintura paisagística, retratos de um Portugal quase desaparecido, costumes do mundo rural praticamente inexistente, descambando de quando em vez por outros temas, desde o retrato ao monumental consoante a necessidade de evasão e de inspiração, fazendo por vezes algumas “surtidas” ao campo da pintura intervencionista.

Encontra-se representado no Museu Sarah Beirão, na Universidade de Coimbra, no Turismo de Pombal, Tokushima - cidade geminada com Leiria no Japão, Museu Álvaro Viana de Lemos, Instituto Superior de Viseu, Museu Díonisio Pinheiro e Alice Cardoso Pinheiro, Biblioteca de Tomar, Presidência da República portuguesa, assim como em numerosas colecções particulares, tanto nacionais como estrangeiras, designadamente: nos E.U.A., França, Espanha, Brasil, Canadá e Noruega.

Exposições iniciadas em 1975 na então mui bem conceituada galeria de « O PRIMEIRO DE JANEIRO », em Coimbra.
Volta a expor na mesma galeria em 1979/80/81/82/83/84/85/86/87 e 89.
1987– A convite da administração regional de saúde de Coimbra, integrado nas comemorações do ano europeu do ambiente volta a expor na mesma galeria em colectiva.

1979 – Expõe no salão nobre da câmara Municipal de Tábua.
1981/82 – Expõe na Lousã.
1983 – Galeria do turismo de Leiria
1984 – Na biblioteca Municipal da Lousã, a favor da A.R.C.I.L.
1984 – Galeria do turismo de Leiria.
1984 – No centenário da exposição distrital de Coimbra (colectiva).
1984/86/88/90 – No posto de turismo da Torreira.
1985 – Galeria de arte do Casino Solverde – Espinho.
1988 – Na casa dos Magistrados em Seia .
1982 e 1991 – Na Câmara Municipal de Pombal.
1990 – Fundação Díonisio Pinheiro e Alice Cardoso Pinheiro – Águeda.
1980 – Galeria Requinte – Viseu.
1990 – Biblioteca de Tomar (Colectiva).
1991 – Galeria "Arte Estúdio" – Coimbra.
1991 – 1ª mostra de pintores de Coimbra – iniciativa do Governo civil de Coimbra.
1991 – Galeria do "Chiado" em Coimbra (colectiva).
1991 – IV Salão de artes plásticas – Miranda do Corvo
1992 – Museu Municipal da Lousã.
1992 – V Exposição colectiva de artes plásticas – Miranda do Corvo.
1992 – "Chiado" em Coimbra – Comemoração dos 75 anos de "O Despertar" (colectiva).
1992 – Galeria "A Capitel" – Leiria.
1992 – Galeria Municipal da Murtosa.
1992 – L.A.H.U.C. – Coimbra.
1992 – Casino Peninsular – Figueira da Foz.
1993 – Convento de S. Francisco (colectiva) - Coimbra.
1993 – Galeria "Ogiva" – Óbidos.
1993 – Galeria do Turismo da Ericeira.
1993 – Galeria do Turismo de Alcobaça.
1994/95 – "Arte na Aldeia" – Vale da Silva (colectiva).
1994 – Galeria do Turismo da Ericeira.
1995 – Galeria Municipal da Murtosa.
1995 – 8ª Exposição de Artes plásticas. 8º aniversário da A.D.F.P. – Miranda do Corvo
(colectiva).
1995 – L.A.H.U.C. Colectiva de Artes plásticas – Coimbra.
1995 – Câmara Municipal de Arganil (Colectiva).
1995 - Galeria "A Capitel" - Leiria (Colectiva).
1996 – Galeria do Turismo da Ericeira.
1996 – I Bienal de Artes plásticas da Marinha Grande (Colectiva).
1996 – Galeria Milenium – Figueira da Foz.
1996 – Salão Nobre da Câmara Municipal de Tábua.
1997 – Museu Regional de Sintra (colectiva).
1997 – Museu Álvaro Viana de Lemos – Lousã.
1997 – Galeria Oriana – Coimbra.
1997 – Casa da Cultura Jaime Lobo e Silva – Ericeira (colectiva).
1998 – X Exposição de Artes plásticas - A.D.F.P. Homenagem a Firmino Vale Ferreira
(colectiva).
1998 – Galeria Grão a Grão – Figueira da Foz.
1998 – Galeria Anit – Coimbra.
1999 – Galeria séc.XVII – Leiria
1999 – Galeria Maria Manuela – Vila Nova de Gaia
1999 – Castelo de Porto de Mós (inauguração das galerias)
2000 – Museu Álvaro Viana de Lemos - retrospectiva dos 25 anos de pintura (homenagem da
Câmara Municipal da Lousã )
2000 – 2er SALON D´ARTS PLASTIQUES - Prades, França
2002 - Galeria Almedina
2002 - Pferdestall Schloss Hungen ( Alemanha )
2003 - 3º Salão internacional de artes plásticas - Nantes ( França )
2003 - Galeria Maria Manuela - Vila Nova de Gaia
2004 - Internationale Kunstausstellung em Kitzingen - Alemanha
2004 - Galeria Municipal de Pombal
2006- Casa da Cultura de Seia
2006- Inaugura a sala de exposições da filial da Artes & Restauros em Coimbra
2006- IV Bienal de Expressão Figurativa de Alenquer
2007- Sala de exposições José Caballero – Punta Umbria
2007- Festa da Arte na Lousã ( atribuição do 1º prémio com a obra “trajecto interrompido” –
sobre o tema 100 anos do ramal da Lousã)
2008- Galeria Matos Ferreira – Lisboa
2008- II Exposição “Coimbra Capital das Artes” (colectiva)
2008- Sala de exposições da Biblioteca João Brandão - Tábua
2008- Galeria Orlando Morais – Ericeira
2009- Galeria Samora Barros – Albufeira
2009- Casa da Cultura de Arganil
2009- Sala D.Pedro V – Casa da Cultura de Mafra
2009- Sala da Nora – Castelo Branco
2009- Associação de Artistas da Corunha – Galiza
2009- Galeria Orlando Morais – Ericeira
2009- Câmara Municipal de Arganil
2009- CAE – Centro de Artes e Espectáculos da Figueira da Foz
2010- Núcleo museológico do mar – Buarcos (Figueira da Foz)
2010- Sala de exposições do ascensor do Outeiro – S. Martinho do Porto (Alcobaça)
2010- Galeria da Biblioteca Municipal de S.João da Madeira
2010- Galeria Orlando Morais – Ericeira
2010- Câmara Municipal de Arganil
2011- FIARTE2011 (Feira Internacional de Arte de Coimbra)
2011- Sala de exposições do ascensor do Outeiro – S. Martinho do Porto (Alcobaça)
2011- Sala de Exposições da Biblioteca Nazaré
2011- Casa da Cultura da Câmara Municipal da Pampilhosa da Serra
2011- Galeria Samora Barros – Albufeira
2012- Casa da Cultura de Oliveira do Hospital
2012- Galeria Municipal de Oliveira do bairro
2012- Galeria Orlando Morais – Ericeira
2012- CAE – Centro de Artes e Espectáculos da Figueira da Foz

13. JORGE BANDEIRA

“Cities 1”/ Acrílico sobre Madeira/ 60x120 cm
1.800,00 €

Nascido em Lisboa, a 1 de Agosto de 1953.
Licenciado em Arquitectura, pela Escola Superior de Belas Artes de Lisboa e Faculdade de Arquitectura da Universidade Técnica de Lisboa, 1989.
Frequenta a licenciatura em História de Arte na Universidade Aberta de Lisboa.
Frequentou o curso de Pintura da Sociedade Nacional de Belas Artes, em Lisboa, 1995.
Curso de formação de Formadores em Serigrafia, em Lisboa, 1978.
Curso de Design de Moda e Têxteis, na Associação Portuguesa de Industriais de Vestuário do sul, em Lisboa, 1979.
Curso de fotografia da Associação Portuguesa de Arte Fotográfica, em Lisboa, 1976.
Recebeu dois prémios de estilismo, em Design de moda, atribuídos pela FILMODA, Feira Internacional de Lisboa, em 1989 e 1990.
Menção honrosa no II concurso de Rótulos Originais, atribuído pelo Diário de Notícias, em Lisboa, 1997.
Professor de Educação Visual, Educação Tecnológica, Oficinas de Artes e Geometria Descritiva desde 1993.
É Presidente do Círculo Artístico e Cultural Artur Bual. 


EXPOSIÇÔES COLECTIVAS
1996 - Exposição do segundo seminário de professores da linha de Cascais, na Escola 
            de Hotelaria do Estoril.
1998 - Na 1ª mostra de Artes Plásticas, da Associação dos Professores de Sintra, em
            Mem Martins.
           - Participou na 2ª Bienal de Artes Plásticas da Marinha Grande.   
1999 - Participou na colectiva de pintura dos professores, no Centro António Sérgio
            em Lisboa.
2000 - Participou na colectiva de artes plásticas da Escola VASCO da GAMA, Parque
             EXPO em Lisboa.
  - Galeria de Pintura “Bequadro”, Exposição Inaugural, Costa da Caparica.
  - 3ª Bienal de Pintura, Mina/2000, prémio Cardoso Lopes, Amadora.
           - 2ª Mostra de Artes Plásticas da associação dos professores de Sintra, 
           Mem Martins.
2001 - Colectiva na Galeria "Stuart", Lisboa.          
         - Galeria Campo das Artes, Lisboa.     
         - 3ª Mostra de Artes Plásticas da associação dos professores de Sintra em 
            Mem Martins.
2002 - ARTEXPO - Feira Internacional de Arte Contemporânea, Barcelona.
- Exposição de Arte Mundo Seguro, Associação Portuguesa de Seguradoras,  
  PARQUE DAS NAÇÕES – LISBOA.
2003 - Na Galeria LCR. Sintra.
- Na BAVIERA, Parque das Nações- Lisboa
         - No Gallery Center, Amoreiras – Lisboa.
2004 - Na Galeria Linhares, ”O Desporto”, Lisboa
         - Na Galeria Linhares, “ Cidade, Rio e Mar”, Lisboa
- Na Galeria Artur Bual, “III Exposição de Artes Plásticas do Espólio Municipal”,
  Amadora.
- Feira de Arte Contemporânea do Estoril.
2005 -11ª Exposição Internacional de Vendas Novas.
- Galeria Artur Bual, Homenagem ao Mestre José Ruy, Amadora
- Galeria de artes Rodrigues Lobo, Leiria
   - Galeria a Paleta, Lisboa
 - Galeria Artur Bual - Rotary Club da Amadora
2006 - Galeria Encontro de Arte, Lisbo
         - Arte na planície, em Montemor Novo
2007- Exposição da AFID, Centro de Arte Contemporânea da Amadora
         - Galeria Artur Bual, Homenagem a Cruzeiro Seixas, Amado
        - 1º Encontro de Artes de Estremoz, com a Galeria Paleta, No Parque de Exposições de Estremoz
        - Participação na organização do evento, para a pintura da Maior Tela
          do Mundo reconhecida pelo Guinness World Book of Records, Amadora
- Exposição inaugural do Hospital da Luz, com a Galeria Paleta, Lisboa.


2008 - Exposição comemorativa do Dia Internacional da Mulher – “Três Pintores, Três
           Propostas” – Francisco Geraldo, Margarida Neto e Jorge Bandeira – no Hospital 
           da Luz – Carnide.
         - Exposições de Homenagem a Artur Bual e a António Inverno – Aljezur.
         - Exposição de Artistas do Circulo Artur Bual, Centro Cultural de Campo Maior.
         - 14ª Exposição Internacional de Vendas Novas.
         - Exposição Colectiva na galeria Praia do Sol, Costa da Caparica.
         - Recreios da Amadora, “ Arte, Música e Poesia” Três Pintores” com Fernanda 
           Páscoa e José Raimundo. 
2009 - Villa Franca de Los Barros, província de Badajoz, Espanha.
         - Círculo Artur Bual - M.C. Espaço de arte - Lisboa
         - Círculo Artur Bual – Caixa de Crédito Agrícola.
 2010 - Círculo Artur Bual – Galeria Óscar’s – Arte Contemporânea – Lisboa
         - Biblioteca Piteira Santos – Dia Internacional da Mulher – Amadora
         - Circularte – Círculo Artur Bual - Hospital de Santa Maria - Lisboa  
         - ArteAlgarve – Feira de Arte Contemporânea Portimão – Algarve
         - Artista – Feira de Arte Contemporânea da Amadora.
         - Arte Compaixão (colectiva) – Lisboa
         - Fest’arte – Caixa de Crédito Agrícola – Lisboa
         - Visões recíprocas – Fórum Romeu Correia - Almada 
2011 - Exposição dos Professores de Sintra, Belas
         - Circularte – Círculo Artur Bual – Hospital Amadora Sintra
         - Circularte – Círculo Artur Bual – Hospital de Almada
         - Circularte – Círculo Artur Bual – Teatro Eduardo Frazão – Bombarral
         - Circularte – Círculo Artur Bual – Espaço + - Aljezur
         - Artshow – FIL – Parque das Nações - Lisboa 
         - Galeria João Paulo II – 73 Bíblias 73 Pintores – Madeira
         - Colectiva de Pintura 50 Anos, 50 Quadros, Amnistia Internacional, Sintra.
         - Art Per La Pau – Centro Cultural de Barceloneta, Barcelona.
         - ALCARTE 2011, Galeria Municipal dos Paços do Concelho de Alcochete.
         - Arshow – Caldas da Rainha.
         - Artista - IIª Feira de Arte Contemporânea da Amadora.
         - 17ª Exposição Internacional de Vendas Novas
         - 16ª Galeria Aberta – Exposição Internacional de Beja.

EXPOSIÇÔES INDIVIDUAIS 
1999 - Na COSTARTE, Junta da Freguesia da Costa de Caparica.
         - Na Junta da Freguesia da Charneca de Caparica. 
         - Na galeria do BANCO DE PORTUGAL, em Lisboa. 
         - Novamente na COSTARTE, Junta da Freguesia da Costa de Caparica. 
2000 - Em Março e Julho, na Costarte, Junta de freguesia da Costa de Caparica.
         - Em Agosto durante a Feira do Livro da Costa de Caparica. 
         - Exposição individual na galeria Gerart em Setembro de 2000, Lisboa. 
         - Na Casa da Cultura da Povoa de Santa Iria.
2001 - Na Biblioteca Municipal Marquesa do Cadaval, Almeirim.
         - Na Galeria CJ2, em Lisboa.
         - Na FEIRA DO LIVRO da Costa da Caparica.
 2002 - Na Galeria HEXALFA, "O olhar do Maltês", Lisboa.
         - TAGUS PARK, Oeiras.
         - Na Galeria HEXALFA, "Autumn Projects", Lisboa.
        - Na Galeria GAN, Lisboa
 2003 - Galeria ARTUR BUAL “Problemas do Planeta”, Amadora.
- Galeria GALVEIAS, Lisboa.
- Galeria HEXALFA, Lisboa.
2004 - Galeria LINHARES, Lisboa.
         - Galeria HEXALFA “Situ+acções”, Lisboa. 
2005 - Fórum Telecom., “Situ+acções”, Lisboa.
         - Galeria C.M. de Sesimbra.
         - Galeria Municipal da Junta de Turismo da Costa da Caparica.
         - Galeria Ayala, Óbidos.
         - Galeria Orlando Morais, Ericeira.
2006 - Participação no programa de Televisão “Intercidades” 
           Pintando ao vivo, RTP Internacional
         - Galeria Groupama, Lisboa.
2007 - Galeria da Caixa de Crédito Agrícola, Lisboa
         - Centro Cultural de Marinhais, Lourinhã.
2008 - Galeria Passe Partout - Oeiras Park - Centro Colombo – 
           Amoreiras Shopping Center.
         - Galeria Hibiscus – Espaço C Santos VP – Mercedes Benz, Lisboa.
         - Galeria Praia do Sol “A Música” com Jeny Pitta – Costa da Caparica
         - Galeria Gambôa, Convento de S. José – C. M. Lagoa
         - Galeria do Automóvel Clube Médico, Lisboa
2009 - Galeria Groupama, Lisboa.
         - Galeria Espaço Mais, C. M. Aljezur.
         - Galeria Óscar’s, Arte Contemporânea, Lisboa
         - Galeria Atlântica, Vila Sol spa & Golf resort, Clubhouse - Algarve
         - M C. Espaço de Arte – Lisboa
         - Arte compaixão - Dia de Arte contra a Pobreza e a Exclusão Social - Lisboa
2010 - Galeria Atlântica, Vila Sol spa & Golf resort – Algarve
 2011 - Galeria Groupama, Lisboa.
        - Galeria do Clube Residencial de S. Miguel – Lisboa
         - Boca Roxa Lounge, Torres Vedras 
         - Galeria Vieira Portuense , Porto
Colecções em que está representado:
Câmara Municipal da Amadora
Câmara Municipal de Aljezur
Câmara Municipal de Lagoa
Câmara Municipal de Setúbal
Caixa de Crédito Agrícola
Associação Portuguesa de Seguradoras
Associação dos Professores de Sintra
Companhia de Seguros Groupama
Casa Museu Sebastião da Gama.
Fundação Portugal Telecom
Bibliografia
 Capa do livro “ o Diário” de Sebastião da Gama.